27 de ago de 2011

W. M. - Meu verão por causa do Wes

Eu não sabia. Como poderia? Todo o ensino médio, eu era espancado e provocado por ser gay. Mas eu não era gay. Ou não achava que era. Agora Wes, o cara do outro lado da rua que me levou sob sua asa e era o melhor amigo que já tive, não para de invadir os meus sonhos, meu pensamento a cada despertar. Oh inferno. Eu sou gay? Porque estou pensando que gostaria de beijá-lo. Na verdade, estou pensando que há muito mais que eu gostaria de fazer com a boca e o restante do alto, confiante, corpo musculoso. Ah, cara... Eu sou tão gay!

 Mas e se ele não sente o mesmo por mim? E, Jesus, que sobre os meus pais? E aqueles bastardos da escola ainda estão por aí. E eu tenho que ir para a faculdade neste outono... Merda, eu preciso sentar, eu não posso respirar e estou prestes a agitar além. Wes então põe a mão na parte de trás do meu pescoço, me dá um daqueles apertos incentivadores e seu sorriso brilhante, e está tudo bem novamente. Sim, eu sou viciado. Oh, cara...


Pesquisa e tradução: Laura
Revisão inicial:Lêle / Ione
Revisão final: Paloma
Colaboradora: Rose
Formatação: Laura 


Um comentário:

  1. Meninas depois de tanto ouvir falar da famosa autora e do tão esperado livro que tirou suspiros da nossa querida Ione rs,rs
    Eu li com todo o carinho que o meu coração foi capaz desde a primeira pag. Estive a tenta a todos os pormenores e gostei de tudo o que li.
    Foram as férias de um adolescente contado na primeira pessoa, que para mim se torna bastante interessante porque aprecio demais os livros narrados na primeira pessoa. Faz-me sentir perto da personagem e acho que todos os sentimentos são mais válidos. Isto claro uma opinião muito minha .rs,rs
    Fiquei feliz que tudo ficou bem entre o casal torci por eles embora não ficasse desiludida se caso isso não acontecesse pois amores de verão vão como as águas do mar rs,rs
    Beijos...
    Boa Leitura!!!

    ResponderExcluir